Pages

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

QUAIS SÃO AS SUAS PROMESSAS PRA 2011?



Quais são suas promessas para 2011???



Trabalhar menos, viajar mais,

Encontrar um amor: fazer academia,

curtir mais a família, ler aquele livro.



Todo ano começa assim.

À meia-noite do dia 31 sempre existe uma

Incontida esperança no novo.



Estão lá todas as nossas metas ou, como

a maioria prefere chamar: nossas promessas.



É verdade, nem sempre cumprimos tudo que prometemos.

Mas isso pouco importa.

Porque a beleza não está nas tais promessas.

A beleza está na genuína vontade de sermos melhores.



Viver é uma evolução,

FELIZ 2011!


Recebi essa mensagem por e-mail da minha amiga Neusa e gostei tanto que resolvi postar. Amo você amiga.!!!

domingo, 26 de dezembro de 2010

Natal!!!



HO, HO, HO...
e o Natal 2010 já se foi e foi muito diferente do que eu havia imaginado. Foi muito melhor, mesmo sem dinheiro foi excelente!!! Vou reclamar de que, vim a Sampa com minhas duas filhas com tudo pago,com carro na mão e estando perto da minha família.
Vivo longe daqui e vivo bem, adoro Aracaju, mas o aconchego da família é tudo de bom. Vim repor as energias e, acreditem, me fez muito bem!
Agora bate a melancolia e a vontade de retornar pra casa, retomar a vida e me preparar para os novos desafios e conquistas de 2011, afinal assumi o compromisso de prosperar e em 2011 o meu foco será esse. Ah! mas sem esquecer que prosperidade não é só dinheiro, é tudo de bom!!!!
Espero que vocês tenham tido um ótimo Natal e que 2011 seja magnifico,não menos do que isso.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Dia de Niver!!




Feliz Aniversário!!!! Confie na sua intuição e no seu coração, ame, viva, trabalhe, acredite!!! 48 é quase 18, a única diferença é o numeral antes do 8. hehehe!!!!

sábado, 18 de dezembro de 2010

Mudanças apenas acontecem o tempo todo



Mudanças são necessárias,
algumas involuntárias e
outras repentinas.
Existem aquelas que acontecem após serem programadas
e as que vão apenas acontecendo, acontecendo...
Mudanças assustam, mudanças preocupam...
Mudanças!!!
Eu tinha tudo planejado para esse final de ano,
sabia exatamente como seria esse Natal,
mas bastou um telefonema e tudo mudou.
Na hora é um susto, mas o Universo sempre conspira
e como sempre conspira a meu favor...
Estou em Sampa!!!!
Minha mãe tá bem miudinha, nem de longe é
aquela mulher altiva que sempre foi.
é muito bom estar aqui com ela,
poder dar atenção, carinho...
Também foi bom rever o Marquinhos
que chorou pelo Dan e me fez chorar também.
Na verdade vim pela minha mãe, mas o presente foi pra mim.
Obrigada Senhor!!

domingo, 12 de dezembro de 2010

Ser turista na própria cidade



Ontem, 11/12 fiz duas coisas bem diferentes.
A primeira foi ler um livro de Paulo Coelho; e então fiquei me pergutando: como eu nunca tinha lido nada dele? Ou Como não lembrava se já li algum livro dele? Mas defiitivamente não devo ter lido, porque do contrário eu certamente lembraria. Simplesmente amei "NA MARGEM DO RIO PIEDRA EU SENTEI E CHOREI".

A segunda tem a ver com o título, fiz turismo em Aracaju, passeio de catamarã patrocinado pelo ICA a noite, vendo a ponte João Alves e indo até a árvore de Natal de Aracaju (Energisa), que está no livro dos recordes como a maior do mundo. Gente,acreditem, de perto ela é ainda mais bonita!!! Assim que receber as fotos colocarei muiiiiiiiiiiitas no orkut. As meninas também foram e acho que também gostaram, foi a melhor confraternização que o Canadá já proporcionou. Bem diferente!!! Posso dizer que amei e ainda tive direito a cantarem parabéns pra mim, já que sou a anversariante do mês.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Dezembro!!!!



Esse é o mês em que, por um lado há muito o que fazer e, por outro, tudo pára...
è tempo de repensar tudo o que se viveu durante o ano e fechar ciclos. Gosto e não gosto dessa época, é quando estou no meu inferno astral, quando sinto mais falta de estar em Sampa com a família, quando parece que nada foi feito, mesmo sabendo que fiz demais. 2010 foi o ano da readaptação, do recomeço, da descoberta de muitas coisas sbre mim mesma. Descobri muito da minha sombra e muito mais da minha Luz.
Sou forte, embora frágil, e muito mais corajosa do que imaginava, sou capaz, sou batalhadora, mesmo que muitas vezes me sinta completamente vencida.Eu disse vencida?? Posso até me sentir assim, mas sei que nunca, mas nunca mesmo me darei por vencida e que jamais vou deixar de acreditar que posso ser feliz seja sozinha ou acompanhada, embora queira sim, ter uma boa companhia. De preferência que me ame assim como sou e que não tenha medo de amar e estar comigo.
Eu sou assim, meio confusa, mas qual mulher não é? Quero tantas coisas que nem sei por onde começar, mas o mais importante é que de passo em passo vou alcançar tudo o que quero e isso inclui meu principe desencantado. Sim, desncantado, porque encantado é ficção e desncantado me parece mais humano.
Ah! que ele seja alto, bonito, sensual e goste de beijos e abraços tanto quanto eu.
Sou carente, mas seguro minha onda e tento ser o mais leal possível, leal a mim mesma e ao meu coração, só que ainda assim, as vezes me boicoto. Tudo bem, a vida é feita de erros e acertos e , no cômputo geral acho que acerto mais do que erro.

FELIZ DEZEMBRO PRA VOCÊ E PRA MIM TAMBÉM,CLARO!

Voltei!!

Ei gente, fiquei sem net e sem postar, mas estou de volta e em breve terei mais coisas interessantes para contar!!!
Até qualquer hora. Já estava com saudades de vocês!!

sábado, 27 de novembro de 2010

E continuo apaixonada..



Apaixonada pelo show do Jorge Vercillo, por várias músicas dele e, principalmente por mim, que estou resgatando a Ana Lúcia que eu fui e que tinha sumido de vista.
A ana Lúcia que gosta de coisas boas, que sonha e acredita ser merecedora de tudo o que é bom, aquela Ana Lúcia que se permite ir a teatro, a shows, que se permite ser feliz!!!
Ser feliz sem precisar de ninguém ocupando o seu coração, ser feliz por ter amigos sinceros em quem se pode confiar e com quem se pode contar.

'... O mais importante no bordado é o avesso e o mais importante em mim é o que eu não conheço..." Jorge Vercillo

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Jorge Vercillo - o Show

Há alguns dias atrás meu amigo Rodrigo comentou que ia comprar o ingresso pro show dele e perguntou se eu não queria ir,aí claro, disse que sim e hoje, lá fomos nós com mais algumas pessoas. Até faltei na aula de dança e quase me arrependi disso, mas agora eu digo. Gente, faltei com gosto e não foi por uma boa causa, foi por uma excelente causa!!!
Por mim passaria a madrugada listando aqui frases de letras dele, mas tenho que acordar bem cedinho amnhã e então vou deixar isso pra fazer depois.
Embora já seja dia 26, pra mim é 25 ainda, já que cheguei a pouco do show e ainda estou enebriada com a energai que ele emana.
A foto coloco depois, porque quero colocar a minha, com ele ao fundo, no palco.O Rodrigo vai ter que me mandar a foto primeiro. rsrsrs

Em tempo... Nada vai me fazer desistir do amor...

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Análise Socrática dos Tempos Atuais


Do Mundo Virtual ao Espiritual

Frei Betto


Ao viajar pelo Oriente, mantive contatos com monges do Tibete, da Mongólia, do Japão e da China. Eram homens serenos, comedidos, recolhidos e em paz nos seus mantos cor de açafrão.

Outro dia, eu observava o movimento do aeroporto de São Paulo: a sala de espera cheia de executivos com telefones celulares, preocupados, ansiosos, geralmente comendo mais do que deviam. Com certeza, já haviam tomado café da manhã em casa, mas como a companhia aérea oferecia um outro café, todos comiam vorazmente. Aquilo me fez refletir: 'Qual dos dois modelos produz felicidade?'

Encontrei Daniela, 10 anos, no elevador, às nove da manhã, e perguntei: 'Não foi à aula?' Ela respondeu: 'Não, tenho aula á tarde'.

Comemorei: 'Que bom, então de manhã você pode brincar, dormir até mais tarde'. 'Não', retrucou ela, 'tenho tanta coisa de manhã...' 'Que tanta coisa?', perguntei.

'Aulas de inglês, de balé, de pintura, piscina', e começou a elencar seu programa de garota robotizada.

Fiquei pensando: 'Que pena, a Daniela não disse: 'Tenho aula de meditação!'

Estamos construindo super-homens e super-mulheres, totalmente equipados, mas emocionalmente infantilizados.

Uma progressista cidade do interior de São Paulo tinha, em 1960, seis livrarias e uma academia de ginástica; hoje, tem sessenta academias de ginástica e três livrarias! Não tenho nada contra malhar o corpo, mas me preocupo com a desproporção em relação à malhação do espírito.

Acho ótimo, vamos todos morrer esbeltos: 'Como estava o defunto?'. 'Olha, uma maravilha, não tinha uma celulite!’

Mas como fica a questão da subjetividade?

Da espiritualidade?

Da ociosidade amorosa?

Hoje, a palavra é virtualidade. Tudo é virtual. Trancado em seu quarto, em Brasília, um homem pode ter uma amiga íntima em Tóquio, sem nenhuma preocupação de conhecer o seu vizinho de prédio ou de quadra! Tudo é virtual.

Somos místicos virtuais, religiosos virtuais, cidadãos virtuais. E somos também eticamente virtuais...

A palavra hoje é 'entretenimento' ; domingo, então, é o dia nacional da imbecilização coletiva. Imbecil o apresentador, imbecil quem vai lá e se apresenta no palco, imbecil quem perde a tarde diante da tela. Como a publicidade não consegue vender felicidade, passa a ilusão de que felicidade é o resultado da soma de prazeres: 'Se tomar este refrigerante, vestir este tênis, usar esta camisa, comprar este carro, você chega lá!' O problema é que, em geral, não se chega! Quem cede desenvolve de tal maneira o desejo, que acaba precisando de um analista. Ou de remédios. Quem resiste, aumenta a neurose. O grande desafio é começar a ver o quanto é bom ser livre de todo esse condicionamento globalizante, neoliberal, consumista. Assim, pode-se viver melhor. Aliás, para uma boa saúde mental três requisitos são indispensáveis: amizades, auto-estima, ausência de estresse.

Há uma lógica religiosa no consumismo pós-moderno. Na Idade Média, as cidades adquiriam status construindo uma catedral; hoje, no Brasil, constrói-se um shopping center. É curioso: a maioria dos shoppings centers tem linhas arquitetônicas de catedrais estilizadas; neles não se pode ir de qualquer maneira, é preciso vestir roupa de missa de domingo. E ali dentro sente-se uma sensação paradisíaca: não há mendigos, crianças de rua, sujeira pelas calçadas...

Entra-se naqueles claustros ao som do gregoriano pós-moderno, aquela musiquinha de esperar dentista.

Observam-se os vários nichos, todas aquelas capelas com os veneráveis objetos de consumo, acolitados por belas sacerdotisas.

Quem pode comprar à vista, sente-se no reino dos céus. Se deve passar cheque pré-datado, pagar a crédito, entrar no cheque especial, sente-se no purgatório. Mas se não pode comprar, certamente vai se sentir no inferno...

Felizmente, terminam todos na eucaristia pós-moderna, irmanados na mesma mesa, com o mesmo suco e o mesmo hambúrguer do Mc Donald...

Costumo advertir os balconistas que me cercam à porta das lojas: 'Estou apenas fazendo um passeio socrático.' Diante de seus olhares espantados, explico: 'Sócrates, filósofo grego, também gostava de descansar a cabeça percorrendo o centro comercial de Atenas. Quando vendedores como vocês o assediavam, ele respondia:

- "Estou apenas observando quanta coisa existe de que não preciso para ser feliz !"

Recebi hoje um e-mail com esse texto e achei perfeito para colocar aqui nessa época do ano em que a maioria das pessoas lembra do consumismo desenfreado e esquece do que realmente importa - o lado espiritual da vida - e quando digo isso não estou me referindo apenas à religião, estou me referindo a estar bem consigo mesmo, a confiar nas pessoas, a demonstrar sentimentos e tudo que realmente pode nos fazer felizes.

Beijos e tenham um excelente dia.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Feliz Aniversário Fábio



Hoje é aniversário do meu sobrinho e afilhado, que merece os parabéns não apenas pelo seu aniversário, mas também pela excelente apresntação de seu trabalho no Holanda. Chic demais né? Se eu estou orgulhosa, imaginem a minha irmã!
Parabéns Fábio, que esse seja apenas o início de seu sucesso.

domingo, 21 de novembro de 2010

NIVER DE NOVO!!!



Hoje é aniversário do meu irmão Paulo e vou colocar aqui um texto em homenagem a essa data, mas que escrevi no ano passado e mandei pra ele por e-mail.
Beijo Pauli, feliz aniversário. Te amo.

Bom dia!! 21 de novembro!!!
Parabéns!!
Dia de aniversário é dia de comemorar,
comemorar tudo o que já se conquistou,
tudo aquilo que se viveu,
tudo o que se tornou!
São muitas estórias pra se contar,
muitos amigos a relembrar,
outros pra adquirir ou recuperar.
Não importa a idade que tenhamos,
sempre é tempo de renovar, criar, acreditar.
Todos os dias têm algo novo a nos ensinar,
por isso o aniversário é apenas um dia especial
que vem pra nos lembrar
que sempre, mas sempre
haverá um motivo pra ser feliz e amar!!!

sábado, 20 de novembro de 2010

Hoje é dia de niver !!!




Pois é, hoje nosso bebê, o Jimmy completa 5 Anos de idade. Na nossa vida ele entrou no dia 31 de janeiro de 2006, mas hoje comemoramos o aniversário dele.
Na verdade ele comemorou sozinho, ou quase. A Cléo o ajudou, mesmo que involuntariamente. Ela roubou uma coxa de frango assada que esqueci sobre o fogão e, com certeza ele, ou eles a comeram. Saí e esqueci a coxa lá, e estando de volta... cadê?? Não sobrou nada pra contar a estòria, só a Cléo toda desconfiada e o Jimmy tomando água o tempo todo.
Poxa!!! queria que tivesse uma camera escondida aqui em casa pra poder ver o que realmente aconteceu, mas isso vai ficar entre eles e mais ninguém. rsrs. É isso.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Sexta de muito sol e calor



Hoje comecei o dia como muita gente gostaria de começar: caminhando na praia logo cedo. Como é bom ir à praia pela manhã, quando está praticamente vazia e ver o mar ali, beijando a areia, sem pressa, sem expectativas, apenas seguindo o curso da natureza.
Isso me fez refletir sobre como levamos nossas vidas. Moro em Aracaju há 13 anos e raramente vou caminhar na praia, sempre com desculpas de que tenho muito o que fazer, de que o sol é muito forte e tantas outras coisas. Tudo bem, não gosto muito de entrar no mar, mas caminhar ali, sem pressa, foi muito bom e me deu vontade de reptir a dose sempre que possível. Me comprometi a fazê-lo pelo menos uma vez por semana durante as férias escolarese, e se possível, manter o hábito depois.
A saúde agradece e eu mereço.

E, aproveitando essa simples experiência que tive hoje, resolvi deixar aqui um texto meu, que faz parte do livro que ainda vou publicar.

"Ouvi um dia alguém dizer que as ondas do mar são belas porque confiam plenamente no movimento do oceano. E pensando bem é isso mesmo, elas apenas se deixam levar pelo movimento da maré com a certeza de que chegarão à praia; sabem que são únicas e muito respeitadas por isso, não tentam imitar-se umas as outras e nem tampouco estão preocupadas em como as outras chegarão à praia, apenas seguem o seu ritmo, ora calma, ora ferozmente. Seguem seu caminho incessantemente seguindo o fluxo natural de sua existência.
O ser humano foi criado para viver assim, como as ondas, confiando na Sabedoria Divina que nos traz períodos de tempestade e de calmaria, mas que sempre sabe para qual praia nos levar. Não há porque saber para onde nem como as pessoas a nosso redor irão chegar, o importante é sim, saber para onde queremos ir e como chegar lá, sem contudo, desafiar o oceano da vida.
Não podemos confundir esse sentimento de profunda conexão com a vida, e o sentimento de deixar-se levar pelas circunstâncias externas; mas como distinguir esses dois sentimentos? Basta prestarmos atenção aos sinais de nosso próprio corpo; no primeiro caso o que sentiremos será a certeza de que apesar das dificuldades, estamos no caminho certo para a praia e, embora a vida siga como as ondas do mar, no nosso íntimo o ritmo será sereno e confiante e, no segundo caso, o sentimento será sempre o de estar carregando um grande vazio do qual não conseguimos nos livrar, haverá então, um vai e vem de pensamentos e indecisões, formando um mar de dúvidas e desesperança.
O melhor a fazermos é sempre confiar que esse indo e vindo da vida é necessário para que não estagnemos diante dela, para que tudo e todos tenham a oportunidade de alcançar a sua praia, dentro de seu próprio ritmo."

quinta-feira, 18 de novembro de 2010



Hoje, sem grandes idéias para escrever, vou deixar uma pergunta pra vocês:

Você é capaz de passar uma semana inteira sem reclamar de nada? Faça o teste e depois me conte.

Eu não consigo tanto, mas já reclamo bem menos. Treino, muito treino.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Nada como um dia após o outro

Se ontem aprendi uma lição de uma mente milionária, hoje coloquei a minha mente milionária pra funcionar e sei que o Universo já conspira a meu favor. Já consigo visualizar uma equipe trabalhando por nós, eu e minha sócia. Vejo a gente crescendo bastante e fazendo algo que gostamos e que fazemos bem.
O que é??
Por enquanto é segredo, mas todos saberão em breve!!!

"I love working in creative collaboration with smart, conscious people who want to have fun and bring something great to the world!" Cheryl Richardson And I do too!!!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Pancadas



CHOVE LÁ FORA E AQUI
FAZ TANTO FRIO...

ATENÇÃO: CHUVAS E TROVOADAS TAMBÉM FAZEM PARTE DO FLUXO DA VIDA!!


Pois é, muitas são as pancadas que levamos na vida e, às vezes, nem é uma pancada tão grande e já nos desesperamos, mas não há ação que não traga junto uma reação e o que vejo nesse momento é que algumas pancadas servem pra nos empurrar pra frente. Elas dizem: mexa-se, do contrário você vai acabar apanhando mais.
E depois de algum tempo nós aprendemos a não esperar pela segunda, logo na primeira já nos decidimos e damos um passo à frente. É a vida!!! Eu sigo em frente e sei que tudo o que acontece, acontece por um motivo, e cada motivo acontece para o meu bem.
Então não tenho porque temer, vou continuar a minha caminhada de aprendizado, o que tiver que ser, será. Eu confio no Universo e tenho uma mente milionária.
Se for pra sair daqui, será com certeza, pra algo melhor.

E abençôo a mente milionária da dona do apartamento onde moro. Ela está certa, eu é que estou errada em relação ao meu inquilino.

Pronto, mais uma lição aprendida.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Economy of thought


Topic of the Week



Some Investment Advice from the Universe


"Did you follow your hunches during the 90's in the stock market? Did you hear what I was telling you about huge yields in real estate? Did you "stumble" across those itty-bitty public companies with stock offerings that made penny investors millionaires?

Phew, I was slammed doling out golden opportunities to anyone I could reach. It became kind of a hobby, you know, to fill in the gaps of boredom that go along with being the Universe.

Truthfully, though, you didn't miss a thing. Those fortunes were chicken feed compared to what I offer on a full-time basis through my day job. Are you ready for real opportunity? Do you even have room for the returns? No, you don't. But that's a good problem.

Thought. That's right. Thought is the greatest vehicle of all time for burying one's self, family, and friends in wealth and abundance - no matter what's going on with the economy.

Thoughts have their own economy, and now is a super-great time to get in on the ground floor. With my patented trade secrets, I can take any old invisible thought of yours and turn it into a mine of gold, a mountain of cash, a well of prosperity.

It's not too late! The best is yet to come. Invest in thought, follow your hunches, and live the life of your dreams.

Public disclosure: This offer is irrevocable. You're now an investor whether you know it or not. All of your thoughts will become things. No lawyers can help you. Save yourself; choose the good ones."

I smiled as I closed the book remembering the days when I believed the idea that "thought creates reality" was a foolish and far-fetched notion. But then I looked around at my life, felt the peace in my heart from my good thoughts, and breathed a sigh of relief. Thank goodness I was willing to keep an open mind.


Bom, tirei esse texto do site da Cheryl Richardson e tem tudo a ver com aquilo em que acredito. Deixei em inglês mesmo porque na verdade estou com preguiça de traduzir, mas de qualquer jeito, resumindo diz o seguinte: escolha ter bons pensamentos, porque você sempre consegue aquilo em que pensa.
E eu sei que é verdade, não tenha apenas pensamentos positivos, tenha pensamentos promissores, não os limite, pense grande e trabalhe por eles.

Beijos

domingo, 14 de novembro de 2010

Véspera de Feriado



Hoje é véspera de um feriadão que, infelizmente, muita gente nem sabe o que é que representa. Aí dá vontade de gritar: Proclamação da República seus desinformados!!! E não estou falando daquelas pessoas que não tiveram oportunidade de estudar, estou falando de adolescentes ou adultos que estudam ou estudaram em boas escolas.
Na verdade a minha indignação é muito mais em relação às instituições de ensino, que hoje se preocupam tanto com a competição entre elas para ver quem mais coloca alunos nas grandes universidades, e acabam se esquecendo de ensinar cultura geral. Sem contar que Isso é estória do Brasil!!!! Convenhamos, cultura geral é muito mais necessária à vida do que as matérias curriculares: as escolas se esquecem que após o vestibular, a vida continua, e o que é pior, aí é que ela começa a fazer mais diferença. Sem contar que isso é estória do Brasil!!!!
Tá aí, deixo aqui meu protesto. Aqui no Brasil se sabe datas de jogos de futebol de còr, nome de cantores de axé, quem canta rebolation, mas o que é o 15 de novembro, poucos ainda se lembram!!!!

Até amanhã e, bom feriado.

sábado, 13 de novembro de 2010

Coisas que abençôo




Abençôo a todas as pessoas que têm saúde perfeita
Abençôo todos os carros de luxo e seus donos, especialmente os fiats linea, rrs
Abençôo casas maravilhosas e seus donos bem sucedidos.
Abençôo todo o dinheiro do mundo, e todas as pessoas que o tem em quantidade.
Abençôo tudo de bom que o Universo tem pra ditribuir e aceito receber tudo aquilo que estiver disponível pra mim.


Hoje é sábado, estou com uma enxaqueca brava, mas não ligo pra ela e vou me divertir de qualquer jeito.

beijos a todos, abençôo a todo mundo que estiver lendo isso aqui e desejo que tenham a mente milionária, como a minha para que possamos prosperar de todas as maneiras, não só financeiramente.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Sincronicidade



Definitivamente o Universo conspira a nosso favor.
Hoje tudo que aparentemente foi dando errado acabou na coisa mais certa do mundo pra mim, digamos que a que me deixou mais animada do que qualquer outra poderia ter deixado.
Mas tudo só deu certinho, milimetricamente ( por assim dizer ), porque em vez de ficar reclamando de cada coisa errada, eu fui vendo o lado bom de cada uma, confiando que cada uma acontece por um motivo e cada motivo acontece para o meu bem. E foi isso, só que foi melhor, porque cheguei a conclusão que todas estiveram interligadas para melhorar o meu dia.E melhoraram mesmo.
Pequenos entraves que terminaram numa coincidência feliz, que não me deixou mais rica, nem mais poderosa, mas me fez sorrir. Valeu!!!
O que aconteceu?????
Que curiosidade, hein?
Mas essa vou guardar pra mim, pelo menos por enquanto.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Amar com a Alma



Hoje de manhã já abençoei muitos carros maravilhosos e seus donos. Não custa nada seguir a sabedoria Huna uma vez que me comprometi a ficar milionária. Mas essa declaração não é a única postagem de hoje porque encontrei num papela solto pela casa um texto que escrevi a lápis há algum tempo atrás e resolvi postá-lo aqui.
Aí vai:

Amar com a alma é amar incondicionalmente, é amar apesar de, é aceitar...
Amar com a alma é permitir-se amar sem cobranças ou desconfiança, é confiar.
Amar assim é possível, é verdadeiramente puro, é o amor real.
Amar com a alma é transcender vidas, é seguir caminhos diversos, mas juntos.
Amar com a alma é descobrir que o importante não é estar sempre no mesmo lugar, mas estar sempre juntos, não importando a distância física ou temporal.
Amar assim é encontrar a paz, é sentir que a lição foi aprendida e o amor, finalmente alcançado.
Amar assim é evoluir, é verdadeiramente SER.

Ana Lúcia

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Sabedoria Huna


Ensinamentos dos sábios do Havaí

Os sete princípios da sabedoria Huna do Havaí são:
IKE – O mundo é o que você pensa que é.
KALA – Não existem limites.
MAKIA – Para onde for a ATENÇÃO, para lá fluirá a energia.
MANAWA – O momento de PODER é agora.
ALOHA – Amar é estar feliz com.
MANA – Todo Poder vem do seu interior.
PONO – A efetividade é a medida da verdade.
Através desses princípios básicos toda estrutura de vida é
constituída. À medida que você compartilha essa energia, você se
sintoniza com o Poder Divino que os havaianos chamam de MANA. E
o uso amoroso desse incrível poder é o segredo para obter felicidade,
saúde, prosperidade e sucesso verdadeiro. A primeira coisa que se
deve praticar é o poder de abençoar.
ABENÇOE A TUDO E A TODOS QUE REPRESENTAM O QUE VOCÊ
QUER!
Abençoar alguma coisa significa reconhecer ou enfatizar uma
qualidade positiva, característica ou condição, com a intenção de que
aquilo que for reconhecido ou enfatizado irá persistir ou se realizar.
A bênção é eficiente para mudar sua vida ou para obter o que você
quer por três razões:
1 – O enfoque positivo de sua mente sintoniza a força criativa do
Poder.
2 – Ela move sua própria energia para fora, permitindo que mais
Poder venha para você.
3 – Quando você abençoa para o beneficio de outro ao invés de para
si mesmo, você tende a contornar qualquer medo subconsciente a
respeito do que você quer para si, e também o foco verdadeiro de
sua bênção aumenta o mesmo bem em sua vida.
O que é tão bonito a respeito desse processo é que a bênção que
você proporciona aos outros ajuda a eles tanto quanto a você
mesmo.

Então:
Abençoe aquilo que você quer.
Quando vir uma pessoa com uma casa bonita, abençoe a pessoa e a casa.
Quando vir uma pessoa com um elo carro, abençoe a pessoa e o carro.
Quando vir uma pessoa com uma bela família, abençoe a pessoa e a família.
Quando vir uma pessoa com um belo corpo, abençoe a pessoa e o corpo.


Adorei!!!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Não nascemos prontos




Hoje, enquanto tentava decidir o que postar, encontrei esse texto guardado nos meus arquivos e achei-o perfeito. Sinceramente? Que bom que não nascemos prontos e, quer saber do que mais? Concordo com o Mário Sérgio, hoje sou a nova versão de mim mesma, a velha Ana Lúcia ficou lá atrás.Sou muito melhor agora.
Leiam, vale a pena.

NãO NASCEMOS PRONTOS!
>
> POR MARIO SERGIO CORTELLA :: EM 07 DE JANEIRO DE 2007
>
> O sempre surpreendente Guimarães Rosa dizia: "o animal satisfeito
> dorme". Por trás dessa aparente obviedade está um dos mais fundos
> alertas contra o risco de cairmos na monotonia existencial, na
> redundância afetiva e na indigência intelectual. O que o escritor tão
> bem percebeu é que a condição humana perde substância e energia vital
> toda vez que se sente plenamente confortável com a maneira como as
> coisas já estão, rendendo-se à sedução do repouso e imobilizando-se
> na acomodação.
>
> A advertência é preciosa: não esquecer que a satisfação conclui,
> encerra, termina; a satisfação não deixa margem para a continuidade,
> para o prosseguimento, para a persistência, para o desdobramento. A
> satisfação acalma, limita, amortece.
>
> Por isso, quando alguém diz "fiquei muito satisfeito com você" ou
> "estou muito satisfeita com teu trabalho", é assustador. O que se
> quer dizer com isso? Que nada mais de mim se deseja? Que o ponto
> atual é meu limite e, portanto, minha possibilidade? Que de mim nada
> mais além se pode esperar? Que está bom como está? Assim seria
> apavorante; passaria a idéia de que desse jeito já basta. Ora, o
> agradável é quando alguém diz: "teu trabalho (ou carinho, ou comida,
> ou aula, ou texto, ou música etc.) é com, fiquei muito insatisfeito
> e, portanto, quero mais, quero continuar, quero conhecer outras
> coisa".
>
> Um bom filme não é exatamente aquele que, quando termina, ficamos
> insatisfeitos, parados, olhando, quietos, para a tela, enquanto
> passam os letreiros, desejando que não cesse? Um bom livro não é
> aquele que, quando encerramos a leitura, o deixamos um pouco apoiado
> no colo, absortos e distantes, pensando que não poderia terminar? Uma
> boa festa, um bom jogo, um bom passeio, uma boa cerimônia, não é
> aquela que queremos que se prolongue?
>
> Com a vida de cada um e de cada uma também tem de ser assim; afinal
> de contas, não nascemos prontos e acabados. Ainda bem, pois estar
> satisfeito consigo mesmo é considerar-se terminado e constrangido ao
> possível da condição do momento.
>
> Quando crianças (só as crianças?), muitas vezes, diante da tensão
> provocada por algum desafio. que exigia esforço (estudar, treinar,
> emagrecer etc.) ficávamos preocupados e irritados, sonhando e
> pensando: por que a gente já não nasce pronto, sabendo todas as
> coisas? Bela e ingênua perspectiva. É fundamental não nascermos
> sabendo e nem prontos; o ser que nasce sabendo não terá novidades, só
> reiterações. Somos seres de insatisfação e precisamos ter nisso
alguma
> dose de ambição; todavia, ambição é diferente de ganância, dado que o
> ambicioso quer mais e melhor, enquanto o ganancioso quer só para si
> próprio.
>
> Nascer sabendo é uma limitação porque obriga a apenas repetir e,
> nunca, a criar, inovar, refazer, modificar. Quanto mais se nasce
> pronto, mais refém do que já se sabe e, portanto, do passado;
> aprender sempre é o que mais impede que nos tornemos prisioneiros de
> situações que, por serem inéditas, não saberíamos enfrentar.
>
> Diante dessa realidade, é absurdo acreditar na idéia de que uma
> pessoa, quanto mais vive, mais velha fica; para que alguém quanto
> mais vivesse, mais velho ficasse, teria de ter nascido pronto e ir se
> gastando...
>
> Isso não ocorre com gente, e sim com fogão, sapato, geladeira.
> Gente nasce não-pronta, e vai se fazendo. Eu, no ano que estamos, sou
> a minha mais nova edição (revista, e, às vezes, um pouco ampliada); o
> mais velho de mim (se é o tempo a medida) está no meu passado e não
> no presente.
>
> Demora um pouco para entender tudo isso; aliás, como falou o mesmo
> Guimarães, "não convém fazer escândalo de começo; só aos poucos é que
> o escuro é claro"...
>

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Eu nunca, mas já



Eu nunca tive um passarinho, mas já tenho gata e cachorro
Eu nunca andei de jet-ski, mas já andei de helicóptero
Eu nunca fumei e nem bebi demais, mas já me diverti muito sem precisar disso
Eu nunca vi um canguru ao vivo, mas já vi um suricata
Nunca fui para a África, mas já fui para muitos outros lugares
Nunca assisti o Carnaval do Rio de Janeiro, mas tenho ótimas estórias de outros carnavais
Nunca dirigi uma ferrari, mas dirijo meu corsinha feliz da vida
Nunca atropelei ninguém, mas já fui atropelada
Nunca visitei a Amazônia, mas visitei o Pantanal de Mato Grosso
Nunca comi comida indiana, mas adoro comer sushi
Eu nunca comi carne de cobra, mas já comi ostra
Nunca aprendi a andar de perna de pau, mas aprendi a andar de bicicleta
Eu nunca fui a Disney World, mas já fui à Disneylandia
Eu nunca li ou assisti Harry Potter, mas já assisti Avatar 3D
Eu nunca tive um filho, mas já tenho duas filhas maravilhosas
E já quebrei a cara muitas vezes, mas nunca vou desistir...
E no computo da minha vida, descobri que tudo que não fiz ou nunca fará falta ou ainda vou fazer e que, principalmente tenho muito mais jás, do que nuncas.

Há coisas que nunca fiz porque nunca tive vontade e outras, claro, porque não pude, mas no final, apesar dos tombos, o resultado sempre foi e sempre será positivo.

domingo, 7 de novembro de 2010

Grande prêmio Brasil de Fórmula 1



Hoje é dia de fórmula 1 em São Paulo e, toda vez que isso acontece, me lembro que quando o Airton Senna ganhou no Brasil pela primeira vez eu estava lá. E jamais esquecerei essa experiência. Ir a Interlagos é uma das melhores coisas que já fiz na vida e tive muita sorte por poder ter feito isso no dia em que ele venceu.
Não é um programa barato, mas para quem pode e gosta do esporte, vale a pena, vale muito a pena.
Fui uma outra vez, quando o Senna já havia falecido, mas ainda assim foi muito bom. Eu recomendo.
Sei que hoje o esporte não é tão apreciado e tive sorte de crescer em uma época cheia de campeões, eram domingos que só aconteciam depois das corridas, afinal, sempre tínhamos chance de ver um brasileiro ganhar mais uma.
É isso, cada geração tem seus ídolos e o meu, com certeza foi o Airton Senna, que aliás, sempre foi muito educado com a gente lá no aeroporto de Cumbica quando o parávamos no corredor para pedir autógrafo.

sábado, 6 de novembro de 2010

O dia da criação - Vinícius de Moraes



Hoje é sábado, amanhã é domingo
A vida vem em ondas, como o mar
Os bondes andam em cima dos trilhos
E Nosso Senhor Jesus Cristo morreu na Cruz para nos salvar.

Hoje é sábado, amanhã é domingo
Não há nada como o tempo para passar
Foi muita bondade de Nosso Senhor Jesus Cristo
Mas por via das dúvidas livrai-nos meu Deus de todo mal.

Hoje é sábado, amanhã é domingo
Amanhã não gosta de ver ninguém bem
Hoje é que é o dia do presente
O dia é sábado.

Impossível fugir a essa dura realidade
Neste momento todos os bares estão repletos de homens vazios
Todos os namorados estão de mãos entrelaçadas
Todos os maridos estão funcionando regularmente
Todas as mulheres estão atentas
Porque hoje é sábado.

II

Neste momento há um casamento
Porque hoje é sábado.
Há um divórcio e um violamento
Porque hoje é sábado.
Há um homem rico que se mata
Porque hoje é sábado.
Há um incesto e uma regata
Porque hoje é sábado.
Há um espetáculo de gala
Porque hoje é sábado.
Há uma mulher que apanha e cala
Porque hoje é sábado.
Há um renovar-se de esperanças
Porque hoje é sábado.
Há uma profunda discordância
Porque hoje é sábado.
Há um sedutor que tomba morto
Porque hoje é sábado.
Há um grande espírito de porco
Porque hoje é sábado.
Há uma mulher que vira homem
Porque hoje é sábado.
Há criancinhas que não comem
Porque hoje é sábado.
Há um piquenique de políticos
Porque hoje é sábado.
Há um grande acréscimo de sífilis
Porque hoje é sábado.
Há um ariano e uma mulata
Porque hoje é sábado.
Há um tensão inusitada
Porque hoje é sábado.
Há adolescências seminuas
Porque hoje é sábado.
Há um vampiro pelas ruas
Porque hoje é sábado.
Há um grande aumento no consumo
Porque hoje é sábado.
Há um noivo louco de ciúmes
Porque hoje é sábado.
Há um garden-party na cadeia
Porque hoje é sábado.
Há uma impassível lua cheia
Porque hoje é sábado.
Há damas de todas as classes
Porque hoje é sábado.
Umas difíceis, outras fáceis
Porque hoje é sábado.
Há um beber e um dar sem conta
Porque hoje é sábado.
Há uma infeliz que vai de tonta
Porque hoje é sábado.
Há um padre passeando à paisana
Porque hoje é sábado.
Há um frenesi de dar banana
Porque hoje é sábado.
Há a sensação angustiante
Porque hoje é sábado.
De uma mulher dentro de um homem
Porque hoje é sábado.
Há a comemoração fantástica
Porque hoje é sábado.
Da primeira cirurgia plástica
Porque hoje é sábado.
E dando os trâmites por findos
Porque hoje é sábado.
Há a perspectiva do domingo
Porque hoje é sábado.

III

Por todas essas razões deverias ter sido riscado do Livro das Origens, ó Sexto Dia da Criação.
De fato, depois da Ouverture do Fiat e da divisão de luzes e trevas
E depois, da separação das águas, e depois, da fecundação da terra
E depois, da gênese dos peixes e das aves e dos animais da terra
Melhor fora que o Senhor das Esferas tivesse descansado.
Na verdade, o homem não era necessário
Nem tu, mulher, ser vegetal dona do abismo, que queres como as plantas, imovelmente e nunca saciada
Tu que carregas no meio de ti o vórtice supremo da paixão.
Mal procedeu o Senhor em não descansar durante os dois últimos dias
Trinta séculos lutou a humanidade pela semana inglesa
Descansasse o Senhor e simplesmente não existiríamos
Seríamos talvez pólos infinitamente pequenos de partículas cósmicas em queda invisível na terra.
Não viveríamos da degola dos animais e da asfixia dos peixes
Não seríamos paridos em dor nem suaríamos o pão nosso de cada dia
Não sofreríamos males de amor nem desejaríamos a mulher do próximo
Não teríamos escola, serviço militar, casamento civil, imposto sobre a renda e missa de sétimo dia,
Seria a indizível beleza e harmonia do plano verde das terras e das águas em núpcias
A paz e o poder maior das plantas e dos astros em colóquio
A pureza maior do instinto dos peixes, das aves e dos animais em cópula.
Ao revés, precisamos ser lógicos, freqüentemente dogmáticos
Precisamos encarar o problema das colocações morais e estéticas
Ser sociais, cultivar hábitos, rir sem vontade e até praticar amor sem vontade
Tudo isso porque o Senhor cismou em não descansar no Sexto Dia e sim no Sétimo
E para não ficar com as vastas mãos abanando
Resolveu fazer o homem à sua imagem e semelhança
Possivelmente, isto é, muito provavelmente
Porque era sábado.

Hoje acordei com o título desse poema na cabeça e, sendo sábado, resolvi postá-lo.
Alguns o acharão pesado, eu sei, mas é a realidade.
E estou na perspectiva de ter um ótimo domingo.


Sonhei que um bebê da família tinha desaparecido e também que um carro que ia descendo a rua da casa da minha mãe sem nínguém só não bateu no poste porque o Dan, com uns treze anos o dirigiu. O detalhe é que no sonho eu sabia que o Dan estava morto. Aí estou aqui tentando imaginar o sentido. Será que sonhei isso porque hoje é sábado e estou sentindo que é um dia vazio? Sem grandes objetivos?
Bem, mas vou objetivá-lo:organizar coisas da casa que estão desarrumadas, isso ajuda a prosperidade pessoal.

Bom fim de semana.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

BOM DIA!!



Estou feliz, sou feliz!!! Ontem passei uma contrariedade e fiquei meio down, também tive uma dorzinha chata durante a maior parte do dia, mas como tudo passa, isso também ´passou. O legal é que quando aceitamos as coisas como são, elas nos incomodam muito menos. É, a felicidade vem de dentro mesmo, aconteça o que acontecer ela hoje está comigo.
E hoje o assunto é: Hoje é sexta feira. Chega de canseira. Nada de tristeza. Pega uma cerveja. Põe na minha mesa. Hoje é sexta feira. Traga mais cerveja.
Bom, não bebo, portanto não quero mais cerveja, porém, saber que é sexta e que tenho finalmente o fim de semana todo pela frente é bom demais. Sexta é dia de bastante ralação, mas como terapeuta, o que adoro!!! hoje tenho atendimento pela manhã e á tarde, a noite bem que comeria uns sushis. Vou ver se encontro companhia.
Ah, aprendi a acrescentar algumas coisas no blog e, como você deve ter pecebido, mexi um pouco nele. Foi ótimo.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010



Prometi a mim mesma que em novembro vou postar todos os dias, quero diciplinar esse hábito que tanto gosto e ver se, fazendo disso uma 'obrigação', continuará sendo tão prazeroso.
Hoje o assunto é o que fazemos com o tempo que nos é dado. Agora, por exemplo, estou aqui escrevendo, mas tenho percebido que perco horas jogando free-cell, quando poderia estar criando coisas novas, investindo em aprendizagem, arrumando a casa e/ou organizando meus planos de aula.
Já decidi que a prosperidade em todos os sentidos é o meu principal foco e, portanto, preciso definir estratégias.
A primeira delas é: concentrar-se naquilo que estou fazendo, sem estresse. O dia tem 24 horas que são mais do que suficientes para fazer tudo o que tem que ser feito.
E agora vou cuidar dos meus planos de aula para hoje.
Até amanhã.
PS: Hoje termina minha getão de coordenadora substituta.
beijos

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Em boca fechada não entra mosquito



Oh! Lord,
help me to keeep my big mouth shut
until I know what I'm talking about!!!


Me lembro de ter comprado , na adolescência,uma camiseta com esses dizeres e, de ter achado que era um ensinamento e tanto. Porém, não tinha idéia de que segui-lo poderia mudar completamente a vida de qualquer pessoa. Quando nos calamos, deixamos principalmente de criticar, nos focamos em nossos objetivos e nos tornamos mais seguros, mais felizes e muito melhores como pessoas.
É isso.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Avatar 3D



Quando o filme foi lançado eu nem quis assistir, disse que não era o tipo de filme que gostava. Bem, morando em Aracaju, somente agora a possibilidade de assisti-lo em 3D apareceu e, por força do destino, acabei indo com as meninas. Resultado??? ADOOOOREIIII!!! Efeitos e imagens muito legais.
Eu recomendo, o filme faz críticas ao massacre aos índios, à falta de respeito pela natureza, ao capitalismo e a muitas atitudes que hoje em dia são tidas como normais, mas que são prejudiciais a toda a humanidade. Mostra também que vale a pena lutar pelo que é certo e pelo equilíbrio da natureza.
Então, pessoal, assistam ao filme com olhos críticos, não esquecendo é claro, a diversão. Unir o útil ao agradável é sempre legal.
Valeu a pena.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

VIDA



VIVER E NÃO TER A VERGONHA DE SER FELIZ...

A vida é assim, cheia de surpresas!
Hora boas, hora nem tanto...
Pensamos que podemos controlá-la
De alguma forma, mas que nada!!!
Quando pensamos que só depende de nós...
Chega algo pra mudar tudo.
E assim vamos vivendo, com fé e esperança,
Dúvidas e desesperança.
Dor, alegrias, momentos apenas...
A vida está aí pra ser totalmente usufruída,
Com ou sem medo, com ou sem controle, mas
Sempre com muita vontade de vencer.
Vencer cada obstáculo para se obter resultados
que tragam crescimento interior.
É a vida que nos faz parar de repente e reavaliar cada passo,
Cada sonho, cada experiência, cada escolha.
É essa coisa linda que se chama viver mostrando que
Se ainda existem surpresas, que se ainda existem novidades,
Existem também oportunidades!
Oportunidades de aprendermos a nos reconhecer
e ir em busca daquilo que a alma quer,
que nada mais é do que encontrar a melhor maneira possível de ser feliz!!
Amo muito a vida e agradeço muito por tudo que tive e tenho.
Agradeço pelo que ainda virá e respeito o tempo do Universo,
Embora muitas vezes me desespere.
Este não é um momento fácil pra mim, mas estou aí, na luta
Buscando a saúde, harmonia e felicidade, disposta a me mostrar
Que sou capaz de atravessar com sucesso mais esse obstáculo surpresa
Aprendendo a dar mais atenção as minhas necessidades,
cuidando da minha alma e do meu corpo como a minha maior riqueza
Fazendo o melhor que posso pra me tornar um ser
Saudável de forma integral.
Pra que eu possa depois dizer
Valeu a pena!!

Ana Lúcia
escrito em 03/set. 2009

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Extra, extra!!! Notícia de última hora!!!



Pela terceira vez consecutiva, a Heloísa ficou em primeiro lugar no vestibulinho do colégio Amadeus!!!
O que isso significa??? Entre outras coisas, significa estudar mais uma vez com bolsa integral. Isso é ótimo, mas nem de longe o mais importante, pelo menos não para nós.
Muitos pais pressionam seus filhos e os reprimem caso não se classifiquem para algum desconto, aqui em casa, ao contrário, muitas vezes tentamos persuadi-la a não estudar e passear. Não sei a quem ela puxou, mas isso não importa, só o que importa dizer é que mais uma vez estou muito orgulhosa!!!!
Obrigada Senhor, ela merece!!! É muito dedicada e disciplinada, além de inteligente, claro.
Filha, Parabéns!!!

Semente de amor



SIM, É COMO A FLOR, DE ÁGUA E AR, LUZ E CALOR...

Hoje acordei com esse trecho de música na cabeça e isso me remeteu à minha adolescência. Foi uma época muito legal, eu e uma amiga inseparável (coisa típica de idade) aproveitamos muito passeando, paquerando, indo a shoppings e tudo o que era costume na época. Lembro de nossas caminhadas pela cidade de Ouro Fino, para onde costumávamos ir nos feriados, e de nossas paixões de adolescentes. Lembro de quantos sonhos tínhamos e até do nome do livro que começamos a escrever 'Cama redonda, marido não cabe' rsrsrs. Só não me lembro o motivo do nome.
E com essa música na cabeça, comecei o dia leve, animada e feliz.
Então, me veio à cabeça o próximo trecho que diz:

O AMOR PRECISA PARA VIVER, DE EMOÇÃO E ALEGRIA, E TEM QUE REGAR TODO DIA..

Grande verdade, a cada dia que passa me convenço mais disso. Por mais que haja amor entre um casal, se não houver uma pitada de pelo menos um destes ingredientes por dia, não há como ele, o amor, resistir. O amor é como um jardim regado a dois, tem que ser compartilhado, não cobrado, tem que trazer alegria, tem que emocionar por sua beleza, mesmo nos momentos difíceis. É o que acredito e o que quero pra mim, se não for pra ser assim,não vale a pena.
E como não consegui me lembrar da música toda, fui pesquisar:

NO JARDIM DA FÉ
EU JÁ PLANTEI UM PÉ DE ESPERANÇA
NO TEMPO DO TEMPO
DIA CHUVA VENTO E PENSAMENTO.
NO JARDIM DA FÉ
JÁ CRESCEU E É A CONSCIÊNCIA.
FRUTO DA VIVÊNCIA É,
É A CONSCIÊNCIA É...

E aí o refrão volta, SIM, É COMO A FLOR...
Uma música alegre, leve e que tem uma letra que nos diz tudo, tudo o que deveríamos ter numa relação, mas que muitas vezes nos esquecemos de reivindicar ou oferecer.
Adorei essa lembrança, me trouxe um saudosismo animado, me mostrou o quanto coisas simples nos fazem bem e o quanto é bom viver e acreditar, dar e receber, amar e ser amada. Isso é a semente de amor. isto é a vida.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Ser chefe


SE VOCÊ VIER ME PERGUNTAR POR ONDE ANDEI, NO TEMPO EM QUE VOCÊ SONHAVA
DE OLHOS ABERTOS TE DIREI, AMIGO EU ME DESESPERAVA...

Hoje resolvi falar sobre o fato de ser chefe de outras pessoas. já tive essa experiência há anos atrás e me sentia muito bem neste posto, pois o consegui após um longo trabalho interno de superação. Mas aí a vida me convidou a ter novas experiências e então mudei de cidade e completamente de vida. Foi um recomeço doloroso, larguei família e um excelente emprego para tentar ter uma vida mesnos corrida.
Não me arrependo de ter tomado essa decisão e recomecei do nada fazendo algo que nem gostava tanto, aliás, fazendo o que eu nunca quis realmente fazer: ser professora.
Bem, mas você deve estar se perguntando o que é que isso tem a ver com o título.
O que tem a ver é o fato de eu estar substituindo o meu coordenador na escola e principalmente com o fato de aceitar ser bem recebida. Eu explico: nos primeiros dias eu me sentia muito mal quando os colegas se referiam a mim como coordenadora e se mostravam felizes por ter sido eu a escolhida, mas agora entendi o porque de eu ter me sentido mal.
É o tal do merecimento, o aceitar merecer coisas boas, a prosperidade, o reconhecimento de um trabalho bem feito; aceitar que as pessoas me elogiem sem ficar me desculpando. Sempre tive dificuldade em receber elogios naturalmente e de me achar merecedora das coisas...
Hoje estou feliz porque a substituição está acabando e eu consegui superar mais essa, sem me estressar ou me sentir mal. Enfim, se deu tudo certo é porque sou competente e posso muito bem assumir qualquer responsabilidade a que me disponha de forma tranquila e com sucesso.

Pois é, amigos, me aguardem porque daqui pra frente é sempre pra cima e além!!!!
Em todos os sentidos, sinto que o mundo está aí pra mim.

sábado, 23 de outubro de 2010

Lenda Árabe



O Poder das Palavras
“Diz uma velha lenda árabe que, certa vez, um sultão sonhou que havia perdido todos os dentes. Logo que despertou, mandou chamar um adivinho para interpretar o sonho.
– Que desgraça, Senhor!, disse o adivinho. Cada dente representa a perda de um parente de Sua Majestade.
– Mas que insolente!, gritou o sultão enfurecido. Como se atreve a dizer-me semelhante coisa? Fora daqui!
Depois de ordenar que punissem o miserável com 100 açoites, pediu a presença de outro adivinho e lhe contou o sonho. Este após ouvir o sultão com atenção, prognosticou:
- Excelso senhor, grande felicidade vos está reservada. O sonho significa que haveis de sobreviver a todos os vossos parentes.
A fisionomia do sultão iluminou-se e entregou 100 moedas ao advinho.
Quando este já saía, um cortesão, admirado o abordou.
- Não é possível! Não posso acreditar. A interpretação que fizeste foi a mesma do teu colega. Por que a ele pagou com açoites e a ti com moedas de ouro?
- Lembra-te, amigo, ponderou o adivinho. Tudo depende da maneira de dizer. Um dos grandes desafios do homem é aprender a arte de comunicar-se. Da comunicação depende, muitas vezes, a guerra ou a paz, a felicidade ou a desgraça. Que a verdade deve ser dita em qualquer circunstância, não resta dúvida. Mas a forma como é pronunciada, tem causado, às vezes, graves problemas.
A verdade pode ser comparada a uma pedra preciosa. Se a lançamos no rosto de alguém, pode ferir, provocando dor e revolta. Mas, se a envolvemos em delicada embalagem e a oferecemos com ternura, certamente é aceita com alegria. A embalagem, no caso é a indulgência, o carinho, a compreensão e, acima de tudo, a vontade sincera de ajudar a pessoa a quem nos dirigimos. Sempre será sábio de nossa parte se, antes de expressarmos a terceiros o que julgamos ser uma verdade, repeti-la para nós mesmos diante do espelho. E, conforme seja a nossa reação, podemos seguir em frente ou deixar de lado o nosso intento.
Importante é ter sempre em mente que o que fará a diferença é a maneira como falamos com nossos semelhantes.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010



ANDO DEVAGAR PORQUE JÁ TIVE PRESSA E LEVO MEU SORRISO PORQUE JÁ CHOREI DEMAIS...

Bem, na verdade eu levo sim o meu sorriso porque já chorei demais, mas confesso, continuo chorando. Sim, porque chorar faz bem, desopila os pulmões e alivia a alma.
Sou daquelas pessoas que chora em qualquer filme, basta ter uma cenazinha mais tocante que lá estão as minhas preciosas lágrimas rolando pelo rosto. Choro até em comédias, se bobear, choro de cansaço, de raiva, de alegria, de medo... enfim, choro por qualquer motivo.Mas sei também sorrir e adoro gargalhar, como é bom dar aquelas risadas que vem de dentro, com gosto!!!

Ultimamente o cansaço tem me deixado "meio que não sei", como diria a minha irmã, mas por outro lado, ele, o cansaço também tem me mostrado que sou produtiva, que sou capaz e que na verdade, não há o que temer.

Penso demais e isso tanto ajuda quanto atrapalha e até hoje não sei qual o lado que pesa mais nisso, mas sou assim, equilibrada dentro do meu total desiquilíbrio. Caminhando com minhas certezas e incertezas, com fé e coragem as vezes e sem forças de vez em quando, mas a vida é assim mesmo: por isso prefiro ir devagar, porque quem tem pressa come cru e pode até ter que voltar pra resolver o que ficou pra trás.
E isso vale de vida pra vida também.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

EXISTIRMOS, A QUE SERÁ QUE SE DESTINA...



A mulher que sou
Não tem medo de ser feliz
Anda à procura de si mesma.

Liberta-se de crenças errôneas.
Um dia chegará lá.
Com a certeza de que a
Imaginação é tudo; é
A alma mostrando o caminho...

Não pára nunca, nem
Um dia sequer.
Não desiste.
E Caminha passo a passo,
Sem pressa,

Desejando e buscando o seu melhor:
A Paz interior.
Como alguém que ama
O amor que existe em si mesma
Sabendo que pode ser incompreendida às vezes...
Também pode ser criticada, mas
Apenas vive e acredita!!!

A mulher que sou acredita que é possível ser feliz sempre.
Ana Lúcia – 19/10/2010

sábado, 16 de outubro de 2010



Saudades que bate forte às vezes
vontade de chorar, sair gritando bem alto:
Por que???
Por que seu chato?
chato porque se foi sem se dar chance,
chato porque foi sem se despedir de mim,
chato porque não teve forças pra pedir ajuda...
Ou será que pediu e ninguém te ouviu?
Por que teve que ser assim?

Sabe Dan, é estranho, embora tenha muita saudade, parece que a ficha não caiu ainda.
Me pego muitas vezes pensando em perguntar pra você uma coisa ou outra,
me vejo pensando em te falar alguma coisa, pedir algo também.

Sei que posso fazer tudo isso espiritualmente, mas pra mim, parece que você ainda está por aqui em carne e osso, que ainda vou te encontrar quando for pra São Paulo...
Sei lá, acho que é normal, apenas uma fase que aos poucos vai passar.
Só o que não vai passar é o amor e o carinho que sempre senti por você.

E mais uma vez, saiba que amo você.
Te cuida aí, que me cuido daqui.

beijos

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Ao mestre com carinho



FELIZ DIA DOS PROFESSORES!!!!

e para homenagear esses doidos como eu, a letra de uma música muuuuuuuuuuuito antiga que foi regravada pelo pessoal do Glee.

To Sir With Love Vicki Sue Robinson
Those school girl days
Of telling tales and biting nails are gone
But in my mind
I know they will still live on and on
But how do you thank someone
Who has taken you from crayons to perfume?
It isn't easy but I'll try

If you wanted the sky I would write across the sky in letters that would soar a thousand feet high
To Sir with love

The time has come
For closing books and long last looks must end
And as I leave
I know that I am leaving my best friend
A friend who taught me right from wrong
And weak from strong that's a lot to learn.
What, what can I give you in return

If you wanted the moon I would try to make a start
But I would rather you let me give my heart
To Sir with love

Those schoolgirl days
Of telling tales and biting nails are gone
But in my mind
I know they will still live on and on
But how do you thank someone
Who has taken you from crayons to perfume?
It isn't easy but I'll try

If you wanted the sky I would write across the sky in letters that would soar a thousand feet high
To Sir with love

http://www.vagalume.com.br/vicki-sue-robinson/to-sir-with-love.html#ixzz12Q7m99H9


To Sir With Love Vicki Sue Robinson
Aqueles dias de aluna
De contar histórias e roer as unhas já se foram
Mas em minha mente
Eu sei que eles ainda continuam vivendo
Mas como agradecer alguém
Quem levou você do giz de cera ao perfume?
Não é fácil mas eu vou tentar

Se você quisesse o céu eu escreveria no céu em letras que subiriam mil pés de altura
Para o senhor (professor) com amor

Chegou a hora
De fechar os livros e as longas últimas buscas têm de acabar
E enquanto eu vou embora
Eu sei que estou deixando meu melhor amigo
Um amigo que me ensinou (a diferenciar) o certo do errado
E o fraco do forte, havia muito o que aprender.
O que, o que eu posso lhe dar em troca

Se você quisesse a lua eu tentaria fazer um início
Mas eu prefiro que você me deixe dar o meu coração
Para o senhor (professor) com amor

Aqueles dias de aluna
De contar histórias e roer as unhas já se foram
Mas em minha mente
Eu sei que eles ainda continuam vivendo
Mas como agradecer alguém
Quem levou você do giz de cera ao perfume?
Não é fácil mas eu vou tentar

Se você quisesse o céu eu escreveria no céu em letras que subiriam mil pés de altura
Para o senhor (professor) com amor

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

EAT PRAY LOVE



Do you know where you're going to?
Do you like the things that life is showing you
Where are you going to?
Do you know...?
Do you get
What you're hoping for
When you look behind you
There's no open door
What are you hoping for?
Do you know...?

FAZ BEM UNS DOIS ANOS QUE LI ESSE LIVRO E CONFESSO QUE FOI MARCANTE EM MINHA VIDA.REALMENTE ME FEZ PENSAR NAS COISAS QUE VALIAM A PENA E, EMBORA EU NÃO TENHA IDO NEM PRA ITÁLIA, NEM PRA INDIA E MUITO MENOS PRA BALI, FIZ MINHA VIAGEM INTERIOR E CONSEGUI PARAR DE CHORAR E DECIDIR SER APENAS EU MESMA.

ONTEM FUI ASSISTIR AO FILME DE MESMO NOME E VOLTEI A PENSAR, MAS, DESSA VEZ PENSEI EM COMO A VIDA MUDA E O QUANTO É IMPORTANTE TERMOS A CORAGEM DE MUDAR COM ELA E IR EM BUSCA DA FELICIDADE, INDEPENDENTE DO QUE ISSO SIGNIFIQUE INICIALMENTE.

FINALMENTE ENCONTREI O QUE PROCURAVA: O AMOR PRÓPRIO, O ESTAR DE BEM COM A VIDA, O ME ACEITAR COMO SOU - COM DEFEITOS E QUALIDADES, MEDOS E SONHOS, BUSCAS INCESSANTES, PORÉM DEIXANDO-ME LEVAR; ACEITANDO AS PESSOAS E AS COISAS COMO ELAS SÃO, VIVENDO UM DIA DEPOIS DO OUTRO, AMANDO A VIDA, AMANDO AMAR, AMANDO VIVER.

NÃO COMI FEITO LOUCA NA ITÁLIA, MAS TENHO COMPULSÃO POR CHOCOLATE. PASSO PERIODOS DEVORANDO-OS, DEPOIS OUTROS SEM TER VONTADE DE COMÊ-LOS.
JÁ TENTEI MEDITAR METÓDICAMENTE TODAS AS MANHÃS E NÃO CONSEGUI ME DISCIPLINAR A ESSE PONTO.
DIGAMOS QUE AGORA ESTOU NA FASE BALINESA, ONDE VOU TENTANDO ENCONTRAR O EQUILÍBRIO DENTRO DO MEU DESEQUILÍBRIO, AFINAL ESSE ÚLTIMO TAMBÉM FAZ PARTE DE UMA VIDA EQUILIBRADA.

AH! E CLARO, NÃO DESISTI DO AMOR - AINDA ACREDITO QUE AMAR E SER AMADA NA MESMA MEDIDA É POSSIVEL.
ESTOU FELIZ E SEM CULPA.
APRENDI A ME AMAR E, POR ISSO TRABALHO MUITO MELHOR E AMO MUITO MELHOR AS PESSOAS AO MEU REDOR.

13/10/201

domingo, 3 de outubro de 2010

Eleições



Hoje é dia 03/10/2010 e tenho que ir ás urnas para fazer minha obrigação de cidadã brasileira e, justamente por ser obrigação é que se torna tão chato logo de início. Mas não é só isso; mais uma vez na vida assisti algumas das ppropagandas eleitorais e gente, não há nada mais ridículo. Se pesquisarmos sobre os candidatos para tantos cargos, a coisa fica ainda mais terrível!!! Quais as melhores opções? difícil!!! A verdade é que se não fossemos obrigados a votar, tudo seria levado mais a sério e, somente aqueles que estivessem realmente interessados em política ou que tivessem algum conhecimento a respeito é que escolheriam os nossos governantes. Seria bom, porque somente os que lutam por aquilo em que acreditam é que estariam lá nas filas logo mais.
Ninguém votaria porque fulano é bonito ou ciclano vai lhe dar algo em troca, seria preciso muito mais seriedade dos políticos e mais compromisso do povo.
Digo isso porque faço parte daquela grande maioria que odeia ir ás urnas e sinto que se o voto fosse opção, seria muito mais prazeroso e que talvez até, tanto eu como outras tantas pessoas, teriam mais interesse em não só votar, como participar de partidos para o bem do Brasil.
Infelizmente, mais uma vez vai ser tudo igual.É a vontade de mudar, sem fazer nada diferente. Nós o povo é que temos a responsabilidade de mudar para mudarmos o poder. Só que mudar dá um trabaaaaaaalho... Melhor só reclamar, não é assim que todos nós fazemos???

Beijos, saudações!!!

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

DIZZY



KKKK! Esse relógio conta exatamente como eu estava vendo o mundo na semana passada. É, o mundo todo estava rodando, e eu nem bebo!!! Foi ressaca de não sei o que, e depois dela ter me deixado totalmente zonza, aqui vai o resultado:

Quem disse que no blog a gente só pode escrever coisas bonitinhas?
Quem foi que nos ensinou que temos que estar sempre de bom humor?
Por que é que nos ensinaram que temos que dar satisfações ao mundo daquilo que somos e do que fazemos?
Para que serve tanta preocupação pequena se isso não resolve o problema?
Para que termos medo de expressar nossas opiniões se outros falam qualquer besteira?
Por que corremos tanto atrás de sermos amados por todo mundo se não amamos a todos?
O que faz sentido? O que não faz?
Por que estou aqui escrevendo isso agora???
Agora já não faz diferença, fui...

Calma... fui significa apenas cuidar das obrigações diárias, só isso.
Esse foi apenas um desabafo, nada de mais.
Em vez de gritar ou sair por aí dando patada em todo mundo
preferi vir até aqui e escrever.
Escrever me faz bem..
Até qualquer hora

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Inspiração


Bom, confesso que queria postar algo hoje, mas como a inspiração não veio, fui buscar um texto meu lá no baú. Espero que gostem.


Amo você,
Madura e desesperadamente.
Amo com a alma,
Reconheço em você um pouco de mim...
Somos tão livres,
Tão soltos quando estamos juntos...
Parece algo tão incomum,
Mas tão verdadeiro!...
Amo você assim, loucamente,
Mas com juízo, com os pés no chão.
Querendo voar, voar bem alto, mas
Com você perto de mim,
Perto de corpo e alma.
Alma, essa coisa que não sabemos bem o que é,
Mas que grita: estamos juntos de novo,
Mas agora para vivermos um grande amor...

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Aniversário



Então, hoje estou aqui para falar de pessoas queridas que simplesmente desaparecem das nossas vidas. Aí você me pergunta: Se você vai falar de desaparecidos, por que o título é Aniversário? Explico. Hoje é aniversário do meu afilhado Érick a quem não vejo e nem tenho notícias há muitos anos. Tudo bem, eu sei que mudei pra longe e que perdi contato com algumas pessoas, mas nesse caso, a culpa não foi minha. Minha comadre simplesmente resolveu tomar chá de sumiço e, embora uma amiga a tenha reencontrado na rua, ela se recusou a dar endereço ou telefone. Não quer ser encontrada por ninguém. Estranho, né?
Mas o mais estranho é que embora fossemos muito amigas, acho que o choque desse sumiço foi tão grande que hoje mal lembro deles e, confesso, quem me lembrou do niver dele foi outra amiga em comum. Triste isso, eu acho. Não me estresso e nem deixo de viver a minha vida por isso, mas gostaria de saber como ele está, hoje já é um homem, se não me engano está completando 20 anos e se o vir na rua, provavelmente não o reconheça.
E assim deve acontecer com tantas outras pessoas em tantos outros lugares, não há o que fazer, apenas aceitar; com certeza Deus sabe a razão disso e quero muito que eles estejam bem.

AH! EM TEMPO, FELIZ ANIVERSÁRIO ÉRICK. TUDO DE BOM!!! QUE DE ALGUMA FORMA ISSO CHEGUE ATÉ VOCÊ.

domingo, 26 de setembro de 2010

Intuição



Intuição´acontece através daquela voz interior que fica repetindo: faça, faça, faça... ou então: não faça, não faça... e o difícil, na maioria dos casos, é dar atenção a ela.
Ontem eu tinha milhões de compromissos à tarde, e o primeiro era uma consulta médica. Na verdade eu já estava tão cansada só de pensar em tantas tarefas que insistia em pensar: vou desmarcar essa consulta, isso só vai me atrasar. No entanto decidi que não, que seria muito pior ter que remarcar e aí, ter um outro dia para mais esse compromisso. Resultado? lá fui eu bem mais cedo ( era por ordem de chegada ) garantir que seria a primeira a ser atendida. A secretária ainda nem tinha voltado do almoço e quando ela chegou, surpresa!!! A doutora não ia atender e a moça não conseguiu falar comigo para avisar.
Aí eu pergunto: por que foi que eu, terapeuta que está tão conectada com o Universo, não seguiu a intuição????? Por que me deixei levar pela correria do dia a dia??
Sabem por que? Porque sou humana e, como todo mundo, imperfeita. E ser imperfeita não é defeito, é ser de verdade, é ser gente, é estar aprendendo sempre.
E, a propósito, não só dei conta de todos os compromissos, como ainda saí a noite com umas amigas.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Se eu fosse...



Se eu fosse um começo, seria uma manhã
Se fosse um sentimento, seria o amor.
Uma pedra preciosa? Safira
Um lugar, Suiça.
Uma cor, azul.
Se fosse um filme, seria Lembranças, com certeza!
Um desenho? GAsparzinho
Um programa infantil? Vila Sésamo
Um monstro? Come-Come do Vila Sésamo.
Uma boneca? A Susi, minha companheira de infância!!!
Se fosse uma fruta, tomate.
Uma comida? Sushi
Um líquido? A Água! Afinal ela é tão linda e tão necessária!
Um animal?? O JImmy, meu Yorkshire!
Um hábito? Podem ser dois? Beijos e abraços.
Um livro? São tantos...
Alguém? Meu pai.
Uma dor? Saudade.
Uma frase? Ouse mudar sua vida!!
Um carro? Qualquer um que me leve onde quero em segurança.
Um som? Seria a falta dele, seria o silêncio.
Um medo? De não tentar.
Um prazer? Dançar.
Um hobbie? Escrever.
Um desejo? Você.
E se eu fosse você? Essa é muito fácil!!!
Estaria tremendamente apaixonado por mim!!!!
rrss

sábado, 18 de setembro de 2010

Almas Afins



Almas afins,
Amores sem fim...
Histórias de amor.
Sentimento sem dor!

Vida!
Alegria,
Parceria...

Calor humano,
Aconchego
Abraço, beijo...
Amor.

Almas que se reencontram,
Reconhecem-se
Aquecem-se...
Retorno!

Vida que se repete...
Carinho...
Ser.

Amar de novo,
Viver!!!

Ana Lúcia N. Costa

domingo, 12 de setembro de 2010

I JUST CALLED TO SAY I LOVE YOU...



Tudo bem, o texto não é meu, mas diz tudo o que eu gostaria de ter dito. E prestem bem atenção ao que ele diz no final.

Beijos



Sobre o amor.

Luiz Fernando Veríssimo

Quem é que nunca teve um Marcelo, um Felipe, um Ricardo, um Décio, um Júlio ou um Alexandre na vida? Tudo bem, pode ser uma Roberta, uma Juliana, uma Ana, uma Patrícia ou uma Aline...
Paquerar é bom, mas chega uma hora que cansa! Cansa na hora que você percebe que ter 10 pessoas ao mesmo tempo é o mesmo que não ter nenhuma, e ter apenas uma, é o mesmo que possuir 10 ao mesmo tempo!
A "fila" anda, a coleção de "figurinhas" cresce, a conta de telefone é sempre altíssima.
Mas e aí? O que isso te acrescenta?
Nessas horas sempre surge aquela tradicional perguntinha:
Por que aquela pessoa pela qual você trocaria qualquer programa por um simples filme com pipoca abraçadinho no sofá da sala não despenca logo na sua vida???
Se o tal "amor" é impontual e imprevisível que se dane! Não adianta: as pessoas são impacientes! São e sempre vão ser! Tem gente que diz que não é... "Eu não sou ansioso, as coisas acontecem quando tem que acontecer."
Mentira! Por dentro todo ser humano é igual: impaciente, sonhador, iludido...
Jura de pé junto que não, mas vive sempre em busca da famosa cara metade! Pode dar o nome que quiser : amor, alma gêmea, par perfeito, a outra metade da laranja... No fim dá tudo no mesmo. Pode soar brega, cafona, piegas... Mas é a realidade. Inclusive o assunto "amor" é sempre cafonérrimo.
Acredito que o status de cafona surgiu porque a grande maioria das pessoas nunca teve a oportunidade de viver um grande amor. Poucas pessoas experimentaram nesta vida a sensação de sonhar acordada, de dormir do lado do telefone, de ter os olhos brilhando, de desfilar com aquele sorriso de borboleta azul estampado no rosto...
Não lembro se foi o "Wando" ou se foi o "Reginaldo Rossi" que disse em uma entrevista que se a Marisa Monte não tivesse optado pelo "Amor I love you" e que se o Caetano não tivesse dito "Tô me sentindo muito sozinho..."eles não venderiam mais nenhum disco. Não adianta, o público gosta e vibra com o "brega". Não adianta tapar o sol com a peneira.
Por mais que você não admita:
-Você ficou triste porque o Leonardo di Caprio morreu em "Titanic" e ficou feliz porque a Julia Roberts e o Richard Gere acabaram juntos em "Uma Linda Mulher";
-Existe pelo menos uma música sertaneja ou um "pagodinho" que te deixe com dor de cotovelo;
-Quando você está solteiro e vê um casal aos beijos e abraços no meio da rua você sente a maior inveja;
-Você já se pegou escrevendo o seu nome e o da pessoa pelo qual você está apaixonada no espelho embaçado do banheiro, ou num pedacinho de papel;
-Você já se viu cantando o mantra "Toca telefone toca" em alguma das sextas feiras de sua vida, ou qualquer outro dia que seja;
-Você já enfiou os pés pelas mãos alguma vez na vida e se atirou de cabeça numa "relação" sem nem perceber que você mal conhecia a outra pessoa e que com este seu jeito de agir ela te acharia um tremendo louco;
-Você, assim como nos contos de fada, sonha em escutar um dia o tal "E foram felizes para sempre" e adora quando passa na TV aqueles comerciais de margarina, a lá Doriana, no maior "super família feliz" durante o intervalo das novelas...
Bem , preciso continuar? Ok, acho que não...
Negue o quanto quiser, mas sei que já passou por isso, e se não passou, não sabe o quanto esta perdendo....
"O problema de resistir a uma tentação é que você pode não ter uma segunda chance"
"Falo a língua dos loucos, porque não conheço a mórbida coerência”.

sábado, 11 de setembro de 2010

Escrever



Escrever...
Escrever pra que?
Escrever pra desabafar, pra me convencer...
Escrever pra aliviar a dor,
A dor de não saber.
Escrever apenas, gastar horas escrevendo...
Escrevendo pra você e pra mim.
Escrever pra sair da escuridão,
Da indecisão.
Escrever pra pedir atenção, aliviar o tesão.
Por que não?
Escrever é tudo! Tudo de bom,
Seja escrever algo profundo ou não,
Pra guardar ou descartar,
Apenas escrever.
Escrever a saudade e a lembrança,
A esperança e a mudança.
Escrever para registrar sentimentos, acontecimentos e reações.
Escrever para lembrar ou esquecer.
Escrever até cansar, cansar de escrever,
Mas jamais cansar de viver.
Escrever para ter o que ler depois
E ler para saber escrever...
Escrever pra que mesmo?

( Ana Lúcia – 16/08/2009)

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Tratado de merecimento




Tratado de Merecimento
Sou merecedor. Mereço tudo que é bom.
Não uma parte, não um pouquinho, mas tudo o que é bom.
Agora me afasto de todos os pensamentos negativos, restritivos.
Liberto e deixo ir as limitações dos meus pais. Eu os amo e vou além deles.
Não sou suas opiniões negativas, nem suas crenças cerceadoras.
Não sou contido por nenhum dos medos ou preconceitos da sociedade em que vivo.
Não me identifico mais com limitação nenhuma.
Em minha mente eu sou livre.
Agora me transporto para um novo espaço de consciência, onde estou disposto a me ver de maneira diferente.
Estou decidido a criar novos pensamentos sobre mim mesmo e sobre a minha vida.
Eu agora sei e afirmo que sou Uno com o
PODER DE PROSPERIDADE DO UNIVERSO.
Assim, prospero de inúmeras maneiras.
Está diante de mim a totalidade das possibilidades.
Mereço vida, uma boa vida..
Mereço amor, uma abundância de amor...
Mereço viver com conforto e prosperar.
Mereço boa saúde. Mereço alegria e felicidade.
Mereço a liberdade de ser tudo o que posso ser..
Mereço mais que isso, mereço tudo que é bom.
O Universo está mais do que disposto a manifestar minhas novas crenças.
Aceito essa vida abundante com alegria, prazer e gratidão, pois sou merecedor.
Eu a aceito, sei que é verdadeira.




Esse é um tratado para nos lembrar que nunca devemos aceitar nada que não seja o melhor, que temos sempre que nos sentir merecedores de TUDO O QUE É BOM. Recebi esse texto faz algum tempo e serviu pra me lembrar essa coisa tão simples e tão fácil de se esquecer: Tudo o que é bom está disponível pra gente no Universo, basta que nunca deixemos de acreditar que merecemos.

Back to Work!!!

Ok, Ok, estar de volta ao trabalho não é desculpa para deixar de blogar, eu sei.
Por isso vou apenas deixar aqui um oi!! Quando me inspirar novamente volto pra cá.

beijos

domingo, 8 de agosto de 2010

Triste e segura


Bom dia!
Como é possível estar triste e segura? Sentindo-se só, mas confiante? Não sei, mas é assim que me sinto hoje. Estou com aquele sentimento de aceitação das coisas como elas são. Difícil definir, mas é isso. Aceito, simplesmente aceito que as coisas não estejam acontecendo como eu gostaria. Aceito o fato de que não há como lutar contra algo que não depende de mim. Aceito o fato de que há uma força maior trabalhando a meu favor.
É isso, estou triste (de um lado), mas feliz por poder acolher e aceitar essa tristeza com a certeza de que ela é passageira e me trará algo muito melhor. Há algumas atitudes que precisam ser tomadas para que algo dentro de nós mude e hoje sei: algo mudou aqui dentro e me trouxe grande senso de valor, do valor que existe no amor próprio. Este sim tem que ser prioridade, porque sendo prioridade torna possível o amor e o respeito por pessoas e fatos simplesmente como são.
É isso!!!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Notícias de Bariloche

Bom, na verdade se eu quiser saber alguma coisa sobre Bariloche terei que pesquisar porque o máximo de informação que consegui foi a seguinte: mamis, fui no skibunda hoje.
Informação que diz muita coisa bem legal, que se divertiu pra caramba, que a viagem está valendo a pena e que há muita coisa pra ser contada e muitas fotos pra serem vistas na volta. Só que sou mãe e essas informações e nada são a mesma coisa pra mim. Se curiosidade matasse... Vou ter que esperar a semana que vem. kkkk


A saudade que essas meninas estão sentindo de mim deve ser enoooooooooooooorme!! Pelo tanto de recados que deixam eu fico impressionada. kkkkkk


Divirtam-se!!!!

Beijos

domingo, 1 de agosto de 2010

Bariloche X Sem Teto



ERA UMA CASA MUITO ENGRAÇADA, NÃO TINHA TETO, NÃO TINHA NADA. NINGUÉM PODIA ENTRAR NELA NÃO...



Pois é, enquanto algumas pessoas curtem uma semana de férias em Bariloche, outras vivem seus momentos de Sem Teto ao lado de seus cães fiéis. Coisas de Ana Lúcia...

Hoje pela manhã ( não tão cedo assim ) saí para um breve passeio com o meu neto cachorrístico e por um pequeno lapso de memória esqueci de levar a chave da porta, sim, porque a minha porta só abre por fora com chave. Claro que só percebi o problema na volta e tive a triste constatação de que as 10 horas da manhã de um domingo não seria muito fácil resolver esse pequeno problema.
Mas, como o Universo sempre conspira a meu favor, a portaria do prédio tem telefone e o porteiro tinha o número de um chaveiro. Ufa! Que alívio!! Aí eu pergunto: Você atendeu o telefone dele? Nem ele!!! Ah! acontece que eu tenho excelente memória e lembrava de cór o número do telefone fixo de duas amigas, pena que elas também não atendiam o telefone.
Não desisto facilmente e acabei conseguindo falar com uma delas, daí fui caminhando com meu fiel companheiro até a residencia da mesma. Caminhava e ria, afinal era a própria HOMELESS COM SEU FIEL CACHORRINHO. Já acolhidos, depois de muitas ligações finalmente consegui um chaveiro disposto a deixar a tranquilidade de sua hora de almoço para vir me socorrer. Dessa vez voltei pra casa de carona, afinal quem tem amigos, tem tudo. Obrigada amiga.
Marquei com o chaveiro às 12:30 horas e ele foi quase pontual, só que pensava que era o Magaiver daquele seriado americano e queria abrir a porta com um grampo ou um arame. Uma hora depois... após eu ter reclamado bastante, o cahorro ter passado mal e ele ter deixado algo quebrar dentro da fechadura, finalmente resolveu voltar de onde veio e buscar um arame mais forte pra abrir a dita cuja. E eu esperando pacientemente por mais meia hora.
Já cansou da estória, não é? Imagine eu e o cachorro!!! E, de repente, as 14:30 a porta se abriu, ele conseguiu retirar o pedacinho de arame de dentro da fechadura e me cobrou quarentinha que paguei sem reclamar como penitência pela minha burrice. Sim, porque essa é a quarta vez que fico pra fora e nunca deixei chave com ninguém. Eu mereci pagar esse absurdo!!

Em tempo!! Uma das amigas já tem uma chave minha extra, mas vou fazer mais duas e entregar a outras pessoas amigas.

Bom, mas acabei voltando à casa da amiga (OBRIGADA DE VERDADE!!!!) e tive uma tarde deliciosa. Agora estou aqui me preparando pra ir dormir com as companhias do Jimmy e da Cléo, cada um deitado de um lado do sofá, bem pertinho de mim.

Filhas, não são só vocês que tem o que contar!!! kkkkkkk
beijos, amo vocês